23 de jun de 2010

Pensar globalmente agir localmente

O alimento produzido localmente tem mais sabor. O alimento transportado de uma localidade distante fica velho, em geral, vem em caminhões ou aviões e ficam armazenados nos depósitos. Se o tempo de transporte for menor entre a fazenda que produziu o alimento e a chegada até a sua mesa, menor será a possibilidade de perda de nutrientes do seu alimento. O alimento produzido localmente sustenta famílias que moram nas localidades. Preços que fazendeiros ou produtores conseguem no atacado são, em geral, muito baixos e se aproximam do custo da produção. Pequenos fazendeiros locais que vendem diretamente ao consumidor eliminam o intermediário e recebem pelo preço de um produto no varejo -processo que o ajuda a manter famílias residindo na área rural e trabalhando na terra. O alimento produzido localmente constrói a comunidade. Quando você compra alimentos diretamente de um fazendeiro, você está se envolvendo em uma relação de respeito e responsabilidade entre o cliente e o produtor. Quando fazendeiros são pagos corretamente pelos seus produtos, eles têm menos interesse em vender suas terras. Quando você compra alimento produzido localmente, você está tendo uma ação proativa com o objetivo de preservar a paisagem agrícola do seu município ou do seu estado. O alimento produzido localmente beneficia o meio-ambiente e a vida selvagem. Fazendas bem administradas conservam o solo fértil e a água limpa para suas comunidades. O espaço em torno destas fazendas é uma colcha de retalho de campos, florestas, lagos e construções que permitem o habitat para a vida selvagem. O alimento produzido localmente é um investimento para o futuro. Ao ajudar fazendeiros locais hoje, você estará ajudando a assegurar que existirão fazendas em sua comunidade no futuro. Resumo da ópera : opte por comprar em feiras ou direto do produtor através das cestas orgânicas que entregam em casa. No supermercado entre uma mini cenourinha da California e uma orgânica de Teresópolis, escolha a nacional. Ao comprar água mineral vá na fonte mais proxima a você. Prefira frutas nacionais às importadas, o mesmo vale para frutas secas, temos a uva passa organica do Sitio do Moinho e a da California. Idem para as sementes, a castanha do Pará e de Bauru são nossas, já as amêndoas, nozes e pistaches não. Ajude o seu lugar, a sua cidade,estado, país. As mudanças acontecem de dentro para fora. Nota da Autora: Essa dica eu recebi da Fazenda Cafundó que entrega cestas fresquinhas de orgânicos em casa direto de Brejal-Petrópolis e os tópicos acima listados são de uma versão do folheto distribuído nas feiras de fazendeiros e produtores locais na cidade de Nova Iorque, em novembro de 2009, traduzido e adaptado. “With an Ear to the Ground” by Vern Grubinger (Burlington, Northeast Sustainable Agriculture Research and Education 1999) Used with permission Vá lá: Fazenda Cafundó- cestas de orgânicos em casa tel: 24 2259 2034/ 24 9998 0747 - cafundo@ism.com.br ______________________________________________________________________________________________________________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário