17 de jun de 2010

Para comer junto a fogueira observando as estrelas

Acabo de passar por uma das experiências mais emocionantes da minha vida. A princípio fui convidada para ser madrinha. O convite , por si só, já era uma honra. Eu iria ler um texto meu, como já havia feito uma vez em outro casamento de amigos queridos. Mas, na realidade o meu papel foi muito maior do que o de madrinha. Eu representei o papel do padre. Fui à responsável por chamar as alianças, fazer com que os noivos me prometessem um monte de coisas. E eu prometi na frente de todos os amigos e da família dos noivos que eu vou cuidar e zelar pela união e felicidade do casal. Confesso que até agora estou baqueada. Não consegui expressar ainda o êxtase que senti naquele momento. Me senti praticamente uma Nossa Senhora, uma santa. A relação do casal em questão, bem antes de virar casamento... lá atrás teve um tempo conturbado, de crise, de dúvida, de rompimento. Onde o céu ficou cinza a certeza virou dúvida. O reto ficou torto, o claro ficou escuro. O mar virou. Na época, assistindo a história fiquei paralisada, descrente da vida, sem saber mais se valia a pena o amor. Mas ufa não era nada, foi apenas um ajuste necessário, uma vírgula na história, um respiro para ter certeza. Um esfregar dos olhos. Um instante. A vida é assim mesmo, esquenta e esfria, aperta e depois afrouxa, sossega e depois desinquieta. O que ela quer da gente é coragem. E viva Guimarães Rosa! Tem problemas que só a poesia resolve. O casamento foi comemorado com festa junina e já que estamos na época, ai vai uma receita para comer nas noites frias de junho. Bolo de cenoura sem glúten e sem leite: Ingredientes Massa • 2 cenouras médias raladas (ou picadas) • 1 xícara Óleo de Canola • 3 ovos (eu uso só a clara) • 1 xícara de stévia em pó para culinária ( ou opcional : Linea para culinária ou ainda sem nenhum adoçante, para o meu paladar funciona, eu prefiro fica um pouco salgadinho). • 2 xícaras de farinha sem glúten ( FSG) * • 1 pitadinha de sal • 2 colheres (sopa) fermento em pó • Pincele a forma com azeite ou óleo de canola e farinha de arroz ou FSG para untar Preparo Untar a forma com azeite/óleo e a farinha , pré-aquecer o forno em fogo médio. Bata a cenoura com o óleo, os ovos e o stévia no liquidificador até ficar homogêneo. Na batedeira, junte a farinha, o sal e o fermento. Despeje a massa na forma e deixe assar por 40 minutos em forno médio. Aproveite ! * obs: Se não encontrar farinha sem glúten, use 01 xícara de farinha de arroz e 01 xíc. de polvilho doce.

3 comentários:

  1. Amei, as duas receitas... a do bolo e a da paciência! As duas fundamentais para seguir bem vivendo!!! Com açúcar e com afeto! (ops, só um pouquinho de Stévia e muuuito afeto)
    Te amo Milla

    ResponderExcluir
  2. bolinho de cenoura!
    muita responsabilidade a sua de selar esta união!
    e como eu ja havia dito, era fato que eles se casariam....e teriam muitos filhinhos!!

    ResponderExcluir
  3. Coragem!!!
    Nadando contra a maré do poderoso fluxo da indústria alimentícia: Essa é uma senhora missao!!! Indo em frente, ignorando estigmas, apostando tudo naquilo que se acredita e se quer, a transformacao vira fato que já vem se consumando. Muito obrigada por esse trabalho!

    ResponderExcluir