24 de fev de 2012

Salada japa


Sempre que viajo trago uma receita , um sabor, um ingrediente e incorporo o  novo hábito adquirido ao meu cardápio.
Na última viagem a California  trouxe o hábito de colocar algas nas saladas.
Lá comprava em qualquer supermercado a salada feita só de algas misturadas em potinhos para viagem, prontos para consumir.
Inspirada na culinária japa.
A salada consiste em um mix de algas  verdes de todos os tons hidratadas e temperadas com sakê, gelatina agar agar ou kanten ,vinagre de arroz , gergelim e  um mix de temperos que até agora não descobri.
Como ainda não cheguei no ponto, ando experimentando variações com as algas Nori, Wakame, Hijiki e Tengusa.
Hidrato as algas em água morna por alguns minutinhos, junto um tico de agar agar em pó derretida também em água morna e misturo com tiras de pepino, nabo Daikon  e cenoura ralada bem fininha.
Além de fazer um bem danado para pele e ossos, é bem gostosa, com um leve sabor de mar.

Um comentário:

  1. cuidado se vier passear ou morar no rio: tem um buffet no rio de janeiro que guarda as comidas prontas para serem levadas nas kombis caqueticas, sujas, no porão do predio sujissimo perto de comunidade do Alemão (lembra da invasão na tv?), cheio de ratos e baratas ao lado da lixeira, eu homem do interior, criado em fazenda, cheguei a passar mal de tanto enjoo, quando vi as caixas engorduradas que eles guardam as comidas prontas do buffet parodi de uma nulher que nem fala portugues direito,sem educação. Mexem nos pratos, copos, talheres que ficam abertos nas caixas com bichos passando em cima, bolinhos sem a minima higiene, o cara da kombi fez xixi nos fundos da garage, não lavou as mãos e depois foi pegar nos doces para colocar dentro das caixas cheias de marcas de dedos. eu vi da minha janela porque eu trabalho bem em frente dessa imundicie, que para piorar as coisas sonega notas fiscais num edificio que e super residencial queimaram o filme anunciando em todos os sites na internet, fica garçons subindo descendo escadas de madrugada, teve assaltos e essa gente não paga quem trabalha para eles. joão

    ResponderExcluir